O que esperar de 2018. Em tweets.

O que esperar de 2018. Em tweets.

As regras do jogo são razoavelmente simples. Tudo o que de importante acontecerá em 2018, está aqui. Nas palavras dos intervenientes e num máximo de 280 caracteres. Em princípio não escapa nada. Quase de certeza. Janeiro Michel Temer...
Aprendi feminismo com as Spice Girls

Aprendi feminismo com as Spice Girls

E se vos dissesse que aprendi feminismo com as Spice Girls? Por vezes, aprendemos as lições de vida mais insólitas provenientes dos sítios mais improváveis. Nos idos anos 90, (inserir frase saudosista), a individualidade deixou de estar na moda. Desde as...
“A Melhor Juventude” e o espaço à reconciliação

“A Melhor Juventude” e o espaço à reconciliação

1. Esta crónica é sobre “A Melhor Juventude” e a absurda necessidade de justificarmos o porquê de falar de coisas datadas. Mais o segundo ponto, parece-me agora que hesito com os dedos tangentes às teclas. 2. Cheguei ao filme por uma amiga que, num ritual muito seu,...
marinouïe, ou o milagre de sábado à noite

marinouïe, ou o milagre de sábado à noite

marinouïe é de origem francesa e espanhola, faz música e esteve neste sábado que passou a mostrar o que gosta de fazer no Bar Irreal, que fica ali entre a fauna estrangeira do Camões e a fauna adolescente de Santos. Não sabemos o nome que lhe deram ao nascer, mas a...
O Benfica ou como eu não queria, mas já me enervei.

O Benfica ou como eu não queria, mas já me enervei.

Este artigo começa com a história de um adepto de outro clube e o sentido disso é pouco claro — até para mim. Reza a lenda que um miúdo de 16 anos que vivia no prédio do Bobby Robson, uma vez, encontrando-o no elevador, lhe terá mostrado, exaltado — com recurso a...
O que vi, ouvi e li para sobreviver a um ano de Trump(a)

O que vi, ouvi e li para sobreviver a um ano de Trump(a)

Donald Trump é o vilão de telenovela que o mundo não pediu e em quem apenas (parte) dos americanos votaram. Alguém que descaradamente desonra todos os códigos de honra, que não constituindo lei costumavam dignificar o papel daquele que é considerado «O» líder...

Pin It on Pinterest